BLOG

Artigo Beatriz Micheletto

Por Beatriz Micheletto Consultora de Marketing do BeMarketing

Propósito e Legado

Imprima alegria, felicidade, proporcione prosperidade a todos, implemente respeito, reconhecimento. Seja grato, ouça, colabore, co-crie, juntos somos melhores! Não tenha medo de compartilhar conteúdo e conhecimento, pois ninguém fará do seu jeito.

Talvez você já tenha assistido alguns vídeos ou lido artigos que têm como assunto “empresas com propósito”; ou já participou de alguma palestra ou evento de empreendedorismo em que a pauta fosse essa?!
Pois bem, esse é nosso assunto dessa edição. 
Você deve ter notado que, à medida que o tempo avança, os consumidores vão se tornando mais conscientes e consequentemente mais exigentes, não é mesmo?! Preferências por produtos vegetarianos surgiram a pouquíssimas décadas e, a menos tempo, surgiu o movimento vegano no Brasil. E esse é apenas um exemplo pontual. 
Veja o mercado de balões o quanto evoluiu! Quantas novidades em materiais, formas, cores, técnicas de manipulação, equipamentos, temas, possibilidades. 
Por outro lado, quantas empresas já abriram e fecharam as portas nesses últimos 5 anos! Sabe por quê?! Nem elas mesmas sabem direito porquê abriram e porquê fecharam! E esse não saber significa que elas abriram sem um propósito. Empresas sem propósito não criam raízes, não tem DNA, não deixam legado. São como flores podadas e colocadas em um vaso com água, duram pouco. 
Dos diversos significados da palavra PROPÓSITO, estão: plano, intuito, finalidade, intenção, alvo, aplicação, desígnio, destinação, destino, efeito, escopo, expectativa, fim, intento, mira, objetivo, objeto, projeto, serventia, pressuposto.
Empresas perenes, ou que já estão no mercado a pelo menos 5 anos, tinham (desde o início) ao menos um objetivo, um escopo, um pressuposto, uma obstinação em manter os aspectos fortes da empresa, garantindo o futuro mesmo em diferentes cenários adversos. Muitas não tinham um plano de negócio formal, mas tinham e tem a clara finalidade de servir e a predisposição para adaptar-se, ser resiliente, mudar de ideia e de rumo se preciso for, mas sem perder a essência, o jeito de ser; e sempre carregando a cultura empresarial. 
Assim como as pessoas de personalidade marcante, os influenciadores, ou mesmo seus ídolos, que podem lhe servir de fonte de inspiração, sua empresa também deve ter uma cultura e linguagem únicas, que a distingue de seus concorrentes. 
Você deseja que sua empresa perpetue por mais uma geração? Então, deixe um legado intangível. Imprima alegria, felicidade, proporcione prosperidade a todos (clientes, fornecedores, parceiros, colaboradores e clientes), implemente respeito, reconhecimento. Seja grato, ouça (clientes, amigos, toda a cadeia), colabore, co-crie, juntos somos melhores! Não tenha medo de compartilhar conteúdo e conhecimento, pois ninguém fará do seu jeito. 
Dessa forma, você vai atrair clientes e colaboradores por afinidade. 
Porque ter bons produtos e serviços é, minimamente, ser honesto com os clientes e consumidores; transparência é obrigação e não te diferencia de outras empresas! 
Eu ia dizer que “no futuro”...mas, o futuro é agora! E só sobrevivem os muito bons! 
Pare, pense, reflita e, se necessário, mude a rota! Qual o legado que você vai deixar para as futuras gerações?!

 

Clique aqui e veja mais fotos e leia a Revista completa!