BLOG

Textos

Clique aqui e leia a Revista Arte com Balões e Festas completa e veja mais fotos 

Festas em alta


Mesmo com todos os desafios que vivemos nos últimos anos, o setor de festas e eventos tem se mostrado forte, e vemos se multiplicar lojas e cursos por todo o Brasil. Também acompanhamos o profissional se reinventando ara atender novas demandas e exigências do mercado. Claro, acompanhamos tudo por aqui, e selecionamos as principais notícias para você. Eleger as decorações mais criativas, bonitas e impactantes é um trabalho difícil, mas muito, muito prazeroso. Nosso espaço também é para mostrar o talento de gente que está começando, mas que revela boas surpresas à frente.
Agradecemos imensamente nossos amigos, parceiros, leitores e fornecedores pela confiança no nosso trabalho. Desejamos boas festas e boas férias!
Até 2018!

 

 

edição 15• DEZEMBRo 2017

A REVISTA Arte COm Balões é uma publicação trimestral produzida por Santa Ideia Soluções em Comunicação LTDA

Departamento de Produção,

Arte e Redação

Santa Ideia DESIGN E CONTEÚDO

www.santaideia.com.br

11 3459.5269 • santaideia@santaideia.com.br

PROJETO GRÁFICO

Caio Fernando C. Nunes

Jornalista Responsável

Márcia Landsmann - MTB 30.514

Fale com a redação

DEPARTAMENTO COMERCIAL

11 3459.5269

Publicidade e assinaturas digital e impressa 

www.REVISTAartecombaloes.com.br

assine@revistaartecombalões.com.br

Colaboradores desta edição 

Beatriz micheletto

EDUARDO SEITI

LILIAN RUAS

MARCELO BIXIGÃO

SORAYA MIRANDA

wilson sawaki

CAPA 

FOTO: estúdio do bebÊ 

DECORAÇÃO: CLAUDIO ROCHA E Designer Brasil Eventos

permitida a reprodução integral ou parcial das matérias e anúncios publicados DESDE QUE A FONTE SEJA CITADA. A responsabilidade sobre os anúncios publicados é exclusiva do anunciante. os artigos assinados são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião da revista.

 

 
  

ÍNDICE


BALÕES EM FOCO

LEVEZA EM CORES E FORMAS


  

SUA FESTA

BALÕES PARA TODOS OS SONHOS

 

  

mercado

É A SUA CARA!

 

especial

ESCOLHA CERTA

 

 

  

ATUALIDADES

 

bate-papo 

MÍDIA ESPONTÂNEA


  

inspiração

a história de IENDIS PASSOS

 

marketing

BONS VENTOS TRAGAM 2018

  

coluna dA LILIAN

#PROFISSÃOFESTEIRA


  

coluna do seiti

ONDE ESTÁ O VALOR DA DECORAÇÃO COM BALÕES


coluna do wilson

O QUE DEFINE conceito e tendência?

 


  

OPINIÃO


  

IMAGEM CEDIDA POR Cláudio Rocha Artes com Balões (Natal/RN)

Balões: Art-Latex

Foto: Estúdio do Bebê

 

 

você na revista

NATAL • BOAS-VINDAS • AFETIVA • FUNDO DO MAR• AVE NOTURNA 

JARDIM ENCANTADO • CLÁSSICO • MEUS 15 ANOS • SEREIA• CHÁ DE BEBÊ MINION • ARCO ÍRIS •FROZEN •CARROSSEL • REALEZA • MOANA


agende-se

cursos e eventos

 

  

vitrine

novidades da indústria

 

  
acontece

o que agita o mercado


pra fazer em casa

passo a passo ÁRVORE DE NATAL
 


  

SEÇÕES

 

  

 

Leveza em 


Balões em Foco


cores e formas


Unicórnio bebê foi criado para o primeiro aninho de Maria Júlia

 

 

Quando um profissional de eventos resolve comemorar, pode esperar que vem festão por aí. E foi isso que aconteceu no aniversário de Maria Júlia, filha da fotógrafa Jéssica Karla, dia 24 de novembro, às 19h, no Happy Day Buffet, em Natal (RN). “Sonhava com uma festa mais clean e encantadora. Assim foi feito! Parece que quando você trabalha com eventos e vive disso, você exige mais ainda, para que tudo saia perfeitamente como planejou”, conta Jéssica.

Um ano antes começaram os preparativos. Com o tema Unicórnio escolhido, a mãe selecionou os profissionais e deram início às reuniões para desenvolver os projetos. “Definimos a paleta de cores e estudamos como utilizar o espaço”, explica Paulo Henrique, gerente do setor infantil, da Designer Brasil Eventos, empresa responsável pela decoração geral do evento. Mesmo que o tema esteja em alta, a ideia era criar algo único. Por isso foram escolhidos a cor branca e pontos de luz. “O teto do corredor principal foi todo iluminado com leds de intensidade equilibrada e tecidos e voais aplicados”, conta. O resultado foi um astral surreal e o lúdico remetendo ao céu. A tonalidade das cores dos impressos foi aquarelada para não destoar do conjunto.

A criação da decoração de balões ficou a cargo de Claudio Rocha Balões, com projeto criado e desenvolvido por Daniel Santos Pereira, diretor comercial e designer de projetos, junto com Claudio Rocha. Para a concepção do tema, os profissionais se inspiraram em um projeto da Cenário Balões (SP). O desafio era elaborar uma proposta com um unicórnio bebê. A escolha das cores em tom pastel feita por Claudio Rocha é tendência em festas e se pautou no pedido da mãe e na paleta de cores da Art-Latex, fabricante dos balões usados. “Usamos uma única cor mais intensa pra contrastar com as demais”, observa Daniel. 

O teto ganhou balões brancos inspirando um céu fofinho. Também um arco-íris de balões foi instalado no hall de entrada e a leveza dos balões com gás hélio ficou nos centros da mesa dos convidados. Mas a fachada foi motivo de mais orgulho ainda. “A maior dificuldade foi montar a estrutura de sustentação da peça inteira”, lembra Daniel. “Tivemos que refazer várias vezes para achar a melhor forma”, completa. “A peça inteira ficou linda, incrível! Olhar as pessoas passando na rua e parando pra fotografar foi nosso maior pagamento, junto com a satisfação dos pais, que nos elogiaram”, conclui. 

Ao todo, o projeto levou dois dias pra ser preparado e embalado para ser levado e montado na festa. E pelo jeito valeu cada minuto de esforço. “Todos os projetos da festa: decoração, balões, lancheiras, lembranças, doces... tudo saiu do papel e virou realidade. Entrar no buffet, e ver tudo aquilo ali exatamente como planejei foi emocionante! A festa foi muito além da minha expectativa!”, elogia Jéssica.


  
 

 

Decoração de balões: Cláudio Rocha Artes com Balões (Natal/RN)

Balões: Art-Latex

Decoração: Designer Brasil Eventos

Fotos: Estúdio do Bebê

Bolo: Jane & Carol 

Doces: Kyara Soares

Local: Happy Day Buffet

Animação: Brinquedos e Brincadeira

Vestido: Cecília Cavalcante 

Cerimonial: Algodão Doce

Painéis: Infoarte

Lancheiras: Lancheiras Dalu

Lembranças: Lena Artes

Scrap: Gift Graft Brasil

Banda: Cia Era Uma Vez


 
 

 

 

você na revista
 

Miguel Florêncio, da tágora balões, de Caruaru (PE), traz uma nova proposta de árvore de natal nas cores colors candy, da pic pic. a criação decora o escritório da Loc Glam, também responsável pelo projeto e decoração. bolo e biscoito, da glace e afeto e topo de bolo, da festday Atelie.
Natal


 
 
você na revista
 

boas-vindas
a fachada do imóvel se transformou numa casinha aconchegante, com árvore, catavento e casinha de passarinho. a fofura tamanho muito grande foi obra de viviane furlan, de sorocaba (SP), com balões são roque.


  
 

SUA FESTA


Decorações podem ser feitas com apenas um balão ou centenas. O importante é levar a alegria dos redondos para a festa.


Balões para todos os sonhos


 
 

 
 

Sonho de carneirinhos


Para festejar o primeiro aninho de Antônio, o tema escolhido foi Sonho de Carneirinhos. O capricho dos decoradores da Cena Balões e da Cenário Festas, deTurmalina (MG), transformou o espaço e a recepção num momento cheio de graciosidade. Agora, a Cena Balões está trazendo seu trabalho para São Paulo.


 
 

 
 

 
 


 

FOTO: Cris Castro

DECORAÇÃO DE BALÕES: Osmar Macedo, da Cena Balões

DECORAÇÃO: Cenário Festas 

Lembrancinhas, placas e convites: Roberta Pupo

Guloseimas personalizadas: Cromus

Pelúcias e doces: Vovó Vicentina Barbosa


 
 

 
 

Bela Adormecida


Stéfany Garcia Balloons, de Poços de Caldas (MG), criou no Espaço Três Ideias, na cidade de São João da boa vista (SP) esculturas grandiosas para o tema Bela Adormecida. A comemoração de um ano da Isabella teve carruagem, castelo, arabesco, nome, e até uma linda cama. Tudo o que uma princesa tem direito. Para criar as esculturas, Stefany buscou referências no trabalho de Carina Dugonsk, Giovana Prest e Cenário Balões.


 
 

 
 


 

DECORAÇÃO DE BALÕES: 

Stéfany Garcia Balloons (Poços de Caldas - MG)

LOCAL: 

Espaço Três Ideias (São João da Boa Vista - SP) 


 
 

 
 

 
 

 
 

Turma da Mônica


O tema Turma da Mônica ganhou destaque com a fruta preferida da amiga Magaly desenvolvido por Alex Costa, do Querer Festas e Eventos (DF). Um grande painel com uma melancia deu alegria ao salão, principalmente por causa das cores usadas: amarelo, verde, vermelho e preto. Colunas e mesas também ganharam detalhes de balão. A decoração da mesa e móveis foi feita pelo próprio buffet.

 

 

 
 

 
 

DECORAÇÃO DE BALÕES: 

Querer Festas e 

Eventos by Alex Costa (Brasília/DF)

BALÕES: Pic Pic Balões

LOCAL: Buffet Happy Kids (Ceilândia/DF)


 
 

 
 

 
 


 

DECORAÇÃO DE BALÕES: Fazendo a Festa (Serra/ES)

BALÕES: Pic Pic Balões

Local: Cerimonial Casa Mágica 

Decoração da Mesa: Denise Ribeiro 

Personalizados: Conviteria Sonho de Papel


 
 

Turma do 

Mickey


Personagens clássicos sempre são sucesso. O tema da Disney foi desenvolvido por Fazendo a Festa, de Serra (ES), e Denise Ribeiro, do jardim até a mesa de bolo. 


 
 


 


 

Balões Qualatex, balões de látex Sempertex de vários tamanhos e cores; Metalizados (foil) com personagens, lisos e de vários formatos; acessórios. Gás Hélio (Curitiba e região ametropolitana).


 
 


 

Decoração de festa infantil e arte em balões. 

 

 

Fly Balão


casa da fantasia


 
 

Precisa 

divulgar seu 

produto ou serviço?

 

  


  


  

53 3223.1898 / 9.9108.2741 

Rua João Jacob Bainy, 121 

Pelotas / RS 

www.casadafantasiars.com.br 

contato@casadafantasiars.com.br 

CBA - Certified Balloon Artist 808843

 

  


  

41 3376.9002

Rua Tenente Francisco Ferreira de Souza, 1539

Hauer / Curitiba / PR

www.flybalao.com.br

flybalao@flybalao.com.br

facebook.com/fly.balao


Solicite informações 

e valores

11 3459.5269

fale@revistaartecombaloes.com.br

www.revistaartecombaloes.com.br

 

 


você na revista
 

 
 


 

Com detalhes artesanais criados por Tatá Oliveira, da Feito por Dinda (RJ), a decoração Ovelhinhas para um chá de bebê de gêmeos tem atmosfera afetiva e pode ser usada depois da comemoração para decorar a casa do cliente.


afetiva


 
 


  


 

 
 

É a sua cara!


MERCADO


Caricaturas de personagens da vida 

real ganham versão em balão


Colaboração em pesquisa e entrevistas: Marcelo Bixigão


Você certamente já viu caricatura em papel, foto do aniversariante impressa no balão e até o desenho da pessoa direto no balão. Mas o que está começando a pegar as festas são as caricaturas feitas com esculturas de balão. Personagens de desenho animado já são objetos de desejo em festas e eventos há bastante tempo. Estamos falando de caricaturas feitas com balão de personagens da vida real, ou seja, aniversariantes e convidados.

A modalidade é nova no Brasil, ou melhor, começa a cair na graça das festas infantis, de 15 anos, de adultos e de casamentos. No mercado internacional já é sucesso há algum tempo, e aqui promete marcar presença em todo lugar. “É um trabalho bem aceito e procurado pelas mães”, garante Éverson Cardoso, da Hocus Pocus Festa Show, de Gravataí (RS). Geralmente Everson é contratado para reproduzir em balões a figura da aniversariante destacando e exagerando algumas características pessoais com um toque de humor, e isso é que transforma o trabalho numa caricatura. 

Cardoso e a esposa Daiana têm uma grande vivência em circo, e levam para a festa diferentes atividades animadas, como desfile de fantasias, parabéns animado e show de mágicas. Na hora da escultura, o casal reproduz em balão personagens como heróis e princesas, mas um dia uma criança pediu uma forma que Cardoso não sabia fazer. “Nesse momento decidi me especializar em globoflexia e twist”, diz. Há dois anos resolveu investir em caricaturas também. “Quando me pedem um personagem dou essa sugestão e tem feito muito sucesso, pois é um trabalho diferenciado. É uma proposta que pode virar centros de mesa ou mesmo um agrado para os aniversariantes. Dá para trabalhar em casamentos, quinze anos, buffets infantis só fazendo esse tipo de escultura”, garante.

Outro profissional que descobriu o encanto das caricaturas em balão é Marcelo Bixigão, de Santo André (SP). Ele transforma o personagem criado em balões 160, 260, 350 e redondo em ventríloquo. A técnica foi desenvolvida por ele mesmo. “A caricatura vira um boneco falante!”, explica Bixigão. A ideia ganhou repercussão e desde o meio deste ano, a procura por caricaturas-ventríloquo de balão aumentou. Como é um trabalho rico em detalhes, não é possível produzir grandes quantidades em pouco tempo. Por isso, Bixigão presenteia o aniversariante com o boneco; se a criança tiver irmãos, eles também são presenteados; e os convidados se divertem com as esculturas de seus personagens e objetos favoritos.

Antonio Folguerar, o Tom Tom, já leva ao público essa possibilidade da escultura com balões há bastante tempo, inclusive em programas de TV. Mas é recente a onda que está tomando conta dos profissionais de balão em todo o Brasil. “Patrícia Godoy (PR) tem realizado trabalhos fantásticos com a técnica da distorção na hora de reproduzir pessoas. Este é o novo rumo no mercado do twist: as caricaturas em balões”, acredita Bixigão. 

Marcelo Clarindo da Silva, o Tio Alegria, também do ABC paulista, tem se desenvolvido na área das caricaturas e encantado personalidades, como Silvio Santos. 

Por falar em famosos, Paulo Cruz, da Artecombixigas, de São Paulo, parece que está em todas as festas de celebridades na cidade. “Fiz caricatura do Cobra Street, Raul Gil, Mamma Bruschetta, Anderson Silva... Tudo na hora, com as cores disponíveis ali”, fala Cruz. “A diferença entre a escultura normal e a caricatura é que a pessoa se encanta ainda mais porque se identifica, seja pela barba, bigode, olho, cabelo, sapato, roupa”. E fica igual? “Tento chegar perto, não fica uma perfeição, mas o pessoal gosta muito!”, garante. 

Twist no Brasil

Boa parte dos profissionais entrevistados conta que desenvolveram suas próprias técnicas para oferecer um trabalho diferenciado. O fato é que a maior parte tem dificuldade de acesso a cursos, congressos e eventos especializados no setor. Não que o mercado seja pequeno, não é, mas não há dados oficiais que apontam um número aproximado. Para incentivar o twist no Brasil, grupos têm se reunido para criar um ambiente de estudo e desenvolvimento.

O Fest Art Balloons já está confirmado para ocorrer de 6 a 8 de fevereiro, no Golden Ingá Hotel, em Maringá (PR). Os instrutores russos Sergey e Anatoly Shevchenko estarão no Brasil pela primeira vez para mostrar como trabalham com balões e quais técnicas usam. Em 2014 irmãos gêmeos começaram a trabalhar com balões e não pararam mais. São contratados para fazer de trabalhos simples até caricaturas. Cada vez mais populares na Rússia, os balões já fazem parte das festas de lá, inclusive casamentos. Eles vivem na República da Crimeia, na cidade de Krasnoperekopsk, no sul da Rússia. O lugar tem cerca de 40 mil pessoas e os irmãos dizem que é uma pérola no mar negro por ser um lugar muito bonito. Esperamos que a visita aos brasileiros valha a pena.

Outra boa notícia que chegou há pouco na redação da revista Arte com Balões e Festas é a realização, em setembro de 2018, do Twister Brasil - Seminário Internacional de Escultores de Balão, em São Paulo (SP). Como o evento acaba de ser lançado, ainda não temos informações sobre quem serão os instrutores convidados. Já aguardamos ansiosos por mais notícias. 


Fotos divulgação: Artecombexigas


 
 

 
 

Fotos divulgação: Hocus Pocus Festa Show


 

Fotos divulgação: Marcelo Bexigão

 

Foto divulgação: Tio Alegria


Foto divulgação: Antônio Folguerar


 
 

Fotos divulgação: Artecombexigas


Fotos divulgação: Sergey e Anatoly Shevchenko


 
 

Fotos divulgação: Sergey e Anatoly Shevchenko


 

 


você na revista
 

 
 

Fundo do Mar


O mural Fundo do Mar ganhou colorido com os bichos marinhos e a granbde âncora. o trabalho foi feito pela Ana e Mel Balões, de Brasília (DF), com balões Pic Pic.


 
 

 

você na revista
 

a simpática coruja ganhou um painel para sua ambientação, de fabi valle Fabi Vale, da Academia dos Balões (Mauá/SP). a paisagem do fundo é uma leitura para uma noite no campo com céu estrelado. trabalho feito com balões são roque.


ave noturna


 
 


 

bate papo


Márcia Landsmann

Jornalista e mestre em comunicação e cúmplice dos amantes de balões.


Apesar de muitos ainda acreditarem que as mídias sociais resolvem todos os problemas, outros já perceberam que a médio prazo, essa escolha pode significar estagnação ou até perda de foco. Um dos caminhos da boa comunicação é o relacionamento com a imprensa. E quem é dono do seu próprio negócio e também responsável por divulgar sua empresa pode ter dificuldade com isso. Pensando nisso, falei num congresso de festas e eventos recentemente sobre como funciona a imprensa e de como aproveitar, de forma ética, as oportunidades que aparecem independente do tamanho de sua empresa. Vou reproduzir um trecho que fala sobre o valor da mídia espontânea, que é aquela que você não paga.

Primeiro é preciso reconhecer a importância da imprensa na formação e consolidação da imagem e da reputação das empresas. E como chamar a atenção dos jornalistas e editores? Geralmente esse é o papel das agências de comunicação, das assessorias de imprensa ou dos relações públicas, mas você também pode fazer algo a respeito. Muitas empresas ainda nem sabem que podem falar com a mídia e perde oportunidades de divulgar seu negócio em jornais, revistas, rádio, tv, internet de foram espontânea, ou seja, deixa de ganhar um espaço que não tem preço: é diferente da publicidade, ou da matéria paga. A credibilidade que a mídia espontânea confere a tudo o que está ligado a ela é única, é bem diferente do valor transmitido pela mídia paga. A credibilidade da mídia espontânea é maior porque a matéria é feita a partir do que os outros falam e não do que eu mesma falo sobre mim, que é o que acontece num anúncio. A confiança transmitida quando um veículo bacana escreve uma matéria sobre sua empresa agrega valor a sua marca. 

Quer um exemplo? Se imagine abrindo sua revista para ver o anúncio que você fez. Ai encontra uma reportagem feita com seu concorrente, com fotos do trabalho dele, sua história. Você vira a página e encontra o seu anúncio, aquele que custou um bom preço, que você pagou em duas, três vezes. E seu concorrente não pagou nada... Você se pergunta como será seu concorrente conseguiu isso? Pensa coisas feias do jornalista e jura que não anuncia mais nessa revista se na próxima edição não sair uma matéria com da sua empresa. Mas nem sempre é assim que as coisas funcionam.

Experimente agora se colocar no lugar do seu cliente: ele percebe que a empresa do anúncio é forte porque acabou de ler uma matéria sobre o mesmo segmento da empresa do anúncio. Mas se acabou de ler uma matéria sobre uma empresa concorrente que é citada positivamente, a qual empresa você vai associar mais credibilidade? A que está sendo citada espontaneamente pelo jornalista ou a que pagou por um anúncio? No final, é bem provável que você vá pesquisar as empresas no google – as duas - para saber mais, tipo reclamações, elogios, posicionamento nas mídias sociais, dar uma olhada no site - seu site está bonitinho? Atualizado? É objetivo? É responsivo? Hoje a maioria das pessoas vê internet pelo celular, você tem que ter um site responsivo! - esse cliente, ou possível cliente, também vai ver se encontra outras notícias no google... O que tudo isso significa? Muitas coisas: primeiro, a publicidade continua importante, sim! Não é porque você já sabe que matéria espontânea agrega valor a sua marca que você vai deixar de anunciar. A publicidade é importante sim e ainda é mensurável, dá para medir, e eu não estou falando de presença online só não, ter presença of também importante, a mídia impressa não morreu, do mesmo jeito que o cinema não matou o rádio, o rádio não matou o jornal, o vídeo não matou o cinema, e ninguém matou a tv, mas isso é assunto para outro momento. Segundo, tem que fazer uso de todos os instrumentos disponíveis. Quem não encara as mídias sociais e quem não busca ter um canal de diálogo aberto com a imprensa, fica à mercê da sorte, porque não dá para controlar o que as pessoas estão falando por aí sobre sua empresa, sobre o seu setor. Então, já que é assim, que falem bem de você e não do seu concorrente!


Mídia espontânea 


Valor que não tem preço


 
 
  

 
 

Escolha certa

 

 
 

ESPECIAL


Como acertar na decoração de balões 


Aquele evento aconchegante ou aquela festa em que todos se sentiram confortáveis certamente tiveram um profissional capacitado para definir como, o que e onde fazer para criar um clima agradável. Afinal, a decoração não é feita de modo aleatório. Ela é escolhida em função de vários fatores: utilidade, verba, espaço físico, tema etc. Mas mesmo com tudo planejado, imprevistos podem ocorrer na última hora e comprometer o resultado. Por isso, experiência e conhecimento são fundamentais, pois é preciso encontrar soluções rápidas. Convidamos três decoradores para falar sobre o assunto: Hellyann’s Pierre, Carina Dugonski e Everson Simizu. 

Jardim de borboletas 

No salão de condomínio de pé direito de sete metros, a equipe da Dan’ Pierre Balões realizou o sonho da cliente Mariana para comemorar o primeiro aninho de Bella ao criar 50 borboletas de balão presas com adesivo e nylon em alturas e com tamanhos diferentes – um trabalho minucioso que começou a ser montado na véspera. A cliente não queria painéis ou cenários. Como o local possui muitas aplicações de papéis de parede em tons envelhecidos e texturas, apostamos em deixar as paredes à mostra. O desafio foi criar os bichinhos se aproximando o mais possível do real. A festa deveria ainda contar com flores, balões desconstruídos, balões com gás hélio, enfim, tudo o que está em alta. O que mais atraiu os olhares foi uma gruta de flores montada sobre a mesa na mesa de bolo. A decoração é de Lika Bley, designer floral, Simone Bley; e mobiliário, de Pauliane Pacholek.

 

Ouça, compartilhe, estude

“Costumo brincar com meus clientes de festas infantis dizendo que ao saber de uma gravidez o pensamento já corre para o tema da festa de primeiro aninho. Eles dão risadas e afirmam ser isso mesmo. É um sonho que se torna realidade! Cabe a nós ficar lisonjeados por fazermos parte deste sonho. Independente da idade do cliente, a primeira decisão é o tema da festa. Depois temos que considerar o local de realização, ou seja, o espaço físico. Não adianta desatar a falar de mil ideias e projetos sem saber se elas se encaixam no espaço do cliente. É muito importante conhecer o local da festa (mesmo que por imagens ou filmagens) para fazer uma sugestão adequada para a decoração dos sonhos. 

Ultimamente, muitas festas estão sendo realizadas em residências, salões de condomínios ou as chamadas festas íntimas. Em geral, nestes locais há móveis em excesso e nem sempre são adequados para um evento infantil, por exemplo. A função do decorador é encontrar uma forma de transformar esse ambiente, adequar o tema ao local e, o mais importante, atender as exigências e o orçamento do cliente, aliás, outro fator que conta muito na hora de definir a decoração. Ela precisa ser projetada, estudada, calculada. O importante é não pecar por excessos. Acho lindo ver pilares cobertos com balões, especialmente para festas infantis, mas preciso pensar no gosto e especialmente no orçamento do meu cliente. Além disso, nem sempre é necessário cobrir todos os pilares de um salão, pois às vezes eles são tão charmosos que apenas algumas decorações com balões com gás hélio realçam a beleza do local. Adoro trabalhar com Easy System, mas também gosto de inovar, trabalhar com guirlandas em vários estilos, duplet curvo, guirlandas desconstruídas.

Importante também é pensar que imprevistos acontecem e é preciso enfrentar sempre. Fatores como chuva, vento, sol forte, enfim, condições climáticas diversificadas são os que mais podem interferir na materialização da festa perfeita, por isso montagens e instalações ao ar livre são mais complexas. Já aconteceu de montarmos fachada debaixo de chuva muito forte! Outra situação que já passamos foi um pneu furado a caminho da montagem. Como somos prevenidos, saímos mais cedo e tudo deu certo, chegamos ao local na hora marcada. É importante trabalhar com sobra de tempo e acima de tudo com segurança no trabalho.

Meu conselho é ouça seu cliente, compartilhe ideias com ele, estude o local e procure encaixar o sonho dele no espaço e no orçamento da festa, faça acima de tudo sugestões cabíveis e criativas. Um cliente bem atendido é um cliente fiel e satisfeito!” 

Hellyann’s Pierre, da Dan’ Pierre Balões, 

de Curitiba (PR)

Surpresa no teatro

A organizadora de um evento que ocorreu dentro de um teatro não se informou e autorizou a chegada com antecedência de Carina Dugonski para a decoração de balões. Mas na hora ela foi barrada, pois só era liberada a entrada com 45 minutos de antecedência. Como seu carro não tinha espaço para comportar as peças montadas, ela precisava dar um jeito de montar as decorações. Não tinha mesa de apoio e tomada perto de onde iria ficar a decoração, somente a 30 metros dali. Então, ela desceu as coisas do carro, colocou tudo na porta e começou a montar a estrutura. Só então teve sua entrada liberada. Mas como a mesa de apoio era longe, inflava tudo, montava e depois colocava as peças no lugar. A equipe de montagem do som também estava no local e acabou interferindo também. Experiente, no ano seguinte levou tudo semimontado, balões inflados e uma equipe junto. 

Prevenir é sempre a melhor solução

“A decoração é escolhida através de vários fatores. Primeiramente, é muito importante conhecer o espaço do evento. Amplo, pequeno, alto, baixo, aberto, arejado, quente etc.. A decoração deve estar de acordo com o gosto do cliente visando esses fatores também. Se o espaço for pequeno e baixo podemos optar por algo mais clean. Para espaços maiores e altos podemos ousar mais e explorar teto, entrada, cantos vazios e por aí vai. Clientes que gostam das decorações ao ar livre devem ser alertados sobre fatores que interferir na festa, como chuva, sol e vento. As fotos ficam simplesmente maravilhosas, mas decoração com balões no sol, por exemplo, é meio complicado, pois no calor o balão perde aquele brilho intenso, e ainda corre o risco de murchar ou estourar; a chuva não prejudica os balões, pelo contrário, eles ficam lindos, brilhosos e intactos, mas se for uma chuva seguida de sol infelizmente não sobra nada. Ainda sobre as decorações externas é importante garantir que o trabalho não saia voando ou caia por causa do vento. Minha dica é: use pontos de amarrações, mas faça isso em locais próprios para evitar que pessoas se machuquem.

Essa é apenas uma de muitas interferências que podem acontecer. Veja alguns exemplos e sugestões de como resolver:

É preciso ficar atento com os desejos dos clientes. Alguns querem colocar muitas coisas em um único espaço o que causa poluição visual, quando tudo se vê, mas nada se encontra. Temos que ver cada detalhe com muita atenção para atender bem o nosso cliente. É preciso saber o que ele deseja em termos de cores, peças e o orçamento disponível. Mesmo que o cliente não disponha de muita verba, jamais deixarei de atendê-lo. Mesmo que seja uma decoração mais simples, pode ser preparada com o mesmo carinho e ficar bonita.”' 

Carina Dugonski, Instrutora de Arte com Balões, 

de Curitiba (PR) 

Cenário 3D

Everson Simizu conta que a preparação de uma nova aula é sempre desafiadora porque exigem a criação de novos temas e novas técnicas para cativar ainda mais os novos e velhos alunos. Para fazer bonito na sétima edição do Ideias Gigantes, em Curitiba (PR), onde ministrou um curso e deu uma aula conjunta com outros profissionais, ele desenvolveu uma nova técnica. O tema era selva e estava responsável por montar um cenário de fundo. Não queria repetir um mural simples ou um painel PDS simples, então criou a técnica do painel 3D, que dá a sensação de que os desenhos pulam pra fora do painel, com a montagem de uma árvore e nuvens. Hoje, essa técnica é muito utilizada para a montagem dos painéis desconstruídos (clusters de várias medidas) e em temas atuais, como o do Unicórnio, ensinado no Seminário de Balões do Vale da Paraíba, final de novembro.

Mantra pré-evento

“O principal propósito da decoração é a utilidade (trabalhamos com os sonhos dos clientes), a necessidade de um porque estar sendo solicitada facilita a venda, por exemplo: a decoração da mesa é importante, pois nela mostraremos qual o tema da festa; um arco ou decoração de entrada, indica que ali está ocorrendo um evento, e é por ali que devemos adentrar à festa. Se este local tiver pilares próximos à decoração principal, acho importante que seja coberto e que dê continuidade à decoração. A melhor forma de fazer isso, a mais elegante, é o EaSY System. Mas depende também da verba disponível para o evento.

Entre os imprevistos mais comuns que vivi está o esquecimento. Um dia era medidor, outro dia era nylon, outro, bomba manual, até que adotamos uma espécie de mantra (check list). Antes de sair para o evento recitamos: inflador, medidor, base, cano, ferramentas, balões. Depois que acostumamos a fazer isso, nunca mais esquecemos nada. Facilitou também sempre levar o projeto da decoração impresso, pois lá tem a quantidade de balões, os equipamentos (bases, canos, telas) necessários. Agora podem até acontecer imprevistos, mas nunca o improviso.”

Everson Simizu, da Simizu Festas e Eventos, 

de São Paulo


 
  


 

Acabar a luz na hora de inflar 

os balões 

Como Resolver: Monte tudo o que você tem para montar e deixe o balão por último. Se a luz não voltar chame alguém para ajudar. Se estiver perto da sua casa e com tempo hábil, infle tudo na sua casa e volte com os balões para a montagem. Ou ainda, se você dispor de espaço, já leve tudo inflado e economize um bom tempo. 

Cliente quer que você faça algo em cima da hora

Como Resolver: Se você tiver os balões disponíveis na hora e a habilidade de entregar dentro do tempo, faça e cobre por isso, é claro. Agora se você não tiver nada disso não se comprometa.

Inflador que parou de 

funcionar; Tomada que não corresponde a voltagem do 

inflador; Inflador queimou

Como Resolver: Tenha sempre com você um voltímetro (testa a voltagem da tomada), fusível reserva, conversor de voltagem, inflador reserva (caso tenha). Temos que estar preparados e equipados, pois nunca sabemos o que nos espera.

Cliente diz que não foi 

aquilo que ele contratou

Como Resolver: Formalize o pedido por e-mail especificando o que ele pediu e faça um contrato para o cliente assinar. No dia do evento leve o e-mail e o contrato impressos. 

 

 

 


você na revista
 

 
 

jardim encantado


O tema Jardim foi criado por Adriana Sedlak, com balões Pic Pic e compressores da Bonus, em Caxias do Sul (RS), com ajuda de suas alunas.

 

 

 

você na revista
 

 
 

clássico


o tema clássico circo foi originalmente criado com balões pic pic para essa comemoração por aldemir barros, de maceió (AL). a decoração do evento é de sandro fazonni.

 

 
 

 
 

vitrine


Agora a Plasteng também tem balões de latex, com variedade de cores e tamanhos.


 
 
 
 

O catálogo da Balões São Roque está ainda mais apaixonante com a nova linha de balões decorados, de 9 polegadas: balões Parabéns liso e cintilante; balões Príncipe; e Emoções.


 

 


você na revista
 

meus 15 anos


arranjos coloridos, alegres e teen. tudo ao mesmo tempo. a criação é de Zulene Nunes, da Festejar Eventos (DF), com balões pic pic.


 


você na revista
 

a sereia é de walquíria balbino, de goiania (GO), que também decorou o espaço com outras pequenas sereias para tematizar a festa.


sereia

 

 

 


você na revista
 

 
 

Foto: Marcos Araújo


chá de bebê


sueli galvão, da Balões Gira Girassol (SP) junto com a decoradora de mesa Camila Hitomi deixou o chá de bebê safari muito delicado, com Balão cristal da art-latex.

 

 

 
 

inspiração Apoio do Grupo Eu Amo Balões


ensinar e aprender


Neste espaço trazemos sempre uma história de superação, um caso que teve um final feliz com ajuda do trabalho com balões. Desta vez, nossa história é sobre um palhaço que já teve seu trabalho de twist publicado aqui na revista. Ele sofreu um acidente e luta todos os dias para superar as limitações que teve desde então. Estamos falando de Iendis Passos, o Bisnaguinha, da Casper Eventos & Animações (SP). 

Dia 20 de março de 2017, uma segunda-feira, às 11h da manhã, Bisnaguinha subiu no telhado e a telha cedeu, fazendo ele cair de uma altura de três metros. O resultado foi a lesão da vértebra T10, cinco costelas quebradas, sendo três do lado esquerdo e dois do lado direito, e a perfuração dos dois pulmões. Chegou na emergência e já foi encaminhado para uma cirurgia para correção da coluna. Foram 25 dias na UTI, dois meses de internação e muita expectativa. “Toda mudança repentina é difícil. Principalmente para um jovem no auge da sua carreira que se vê de repente nessa situação”, diz Pamela Peres, esposa de Bisnaguinha. Hoje, o casal e a filha vivem um dia de cada vez. “Estamos aprendendo com esta nova fase, com os desafios do trabalho, família e vida”, continua. “As dificuldades são diárias, acessibilidade em nosso país é precária, descobrimos isso passeando em família. Os locais com acessibilidade são poucos, por isso vemos poucos cadeirantes por aí”, desabafa.

A família segue acreditando na recuperação, que é lenta, mas constante. O importante é seguir em frente, então mesmo com a locomoção limitada, Bisnaguinha já voltou a trabalhar. Depois de tudo o que aconteceu, ele re-estreou com uma palestra para recreadores de arte com balões, e em seguida voltou a animar as crianças no Hospital Albert Einstein. “A volta ao trabalho mostrou para o Bisnaguinha que ele pode. O carinho das crianças, e de todos, faz a diferença para a recuperação e superação dia após dia”, acredita Pamela.

Para Bisnaguinha, a maior expectativa é voltar a andar, mas antes luta para ficar em pé sem ajuda. “Quero continuar a trabalhar e montar o Instituto do Bisnaguinha para ensinar para os jovens a arte dos eventos. Vamos incluí-los no mercado com sabedoria e tirá-los das ruas”, conta Bisnaguinha.

Essa entrevista só foi possível com ajuda da esposa, Pamela. Nosso muito obrigada e boa sorte!


a força e determinação de quem teve a vida transformada


 
 


você na revista
 

 

minion


Tio Alegria (SP) é quem cria essas fofuras em balão. Na foto é o Minion feito com balão redondo da balões são roque e 260 da pic pic. além da técnica de twist, ele também cria

cenários.

 

 

Por Beatriz Micheletto • Consultora de Marketing do BeMarketing


Segundo a economista Marcelle Chauvet, professora titular da Universidade da Califórnia Riverside e também integrante do Codace (grupo de 7 economistas formado pela FGV e que data inícios e fins de recessão), afirma que a recessão brasileira acabou no fim de 2016 e que, mesmo com tudo que já aconteceu (impeachment da Dilma, corrupção, etc) o Brasil está crescendo e que é pouco provável que haja um choque que tire a economia do lugar. (Veja matéria completa em http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/11/1932916-pais-tera-recuperacao-robusta-em-2018-e-crescera-35-diz-economista.shtml).

Nesse cenário de discreto crescimento, que tais economistas preveem que apenas em 2020 atingiremos os mesmos níveis de 2014, já podemos traçar previsões de conservadoras a otimistas e desenhar estratégias um pouco mais desafiadoras para as micro e pequenas empresas do que planejamos e vivenciamos até então (nesses 2 últimos anos). 

Alguns setores apresentam, já nesse segundo semestre de 2017, uma retomada significativa e outros, ainda mais discreta. Então, vamos parar de culpar a crise por nosso insucesso e vamos tomar as rédeas do nosso negócio?

Por acaso, você já tirou algumas horas para elaborar o Plano de Marketing da sua empresa? O mercado não para! Planejar é chato? Dá trabalho? Ok, é por isso que o sucesso só vem para alguns! Sorte? Não acredito. Acredito em análise de informações de fonte fidedigna, aliada a conhecimento de mercado e planejamento. Essa fórmula é infalível! 

Na internet há vários modelos de Plano de Marketing. Pensei em listar aqui toda a estrutura de um Plano de Marketing, mas, farei melhor: vou dar o passo-a-passo, um pedacinho em cada edição. Quem concluir o planejamento todo (100%), vai ganhar uma tutoria por Skype ou Hangout comigo. Que tal? 

Segue a primeira parte. Importante: pense, reflita, discuta com seu sócio(a), pesquise, analise antes de registrar. Parece simples, mas é profundo!


Bons 

Ventos 

tragam 2018!


Aos poucos, o país vai recuperando a confiança e retomando o crescimento


 
 


 

1 • Motivação

Por que você vai elaborar um Plano de Marketing? 

( ) Reestruturar/rever seu negócio

( ) Expandir

( ) Franquear

( ) Outro motivo.

2 • Análise Interna 

quais são os pontos fortes e fracos da sua empresa?

Lembre-se que, nesse item, você tem total controle das ações!

3 • Análise Externa 

(ou de ambiente) 

o que pode ajudar ou atrapalhar o seu negócio nos cenários Político-Legal, Econômico, Social e Tecnológico? Quais aspectos representam oportunidades e quais representam ameaças ao seu negócio?

 

3.1. Tendência do mercado em que atua. Em que fase está o seu ramo de negócio?

( ) Em crescimento acelerado

( ) Estável, com oportunidades

( ) Estagnado

( ) Se retraindo

( ) Em declínio

( ) Outro

Você vê essa fase como oportunidade ou ameaça? Por quê?

 

 

 
 

COLUNA Da lilian 

 

 

Lilian Ruas Empreendedora festeira, modificadora de vidas, consultora, palestrante, idealizadora do Cafestivo e do Foco_encontro de sucessos, louca por balões, de São Paulo e do mundo.


#profissaofesteira


Para se ter sucesso em uma festa, três itens são necessários: alimentação deliciosa e serviço impecável; decoração linda; e ótimo entretenimento. Ser festeiro não é um hobby, é uma profissão.

Comece de forma correta, conhecendo e escolhendo a área que pretende atuar, todas importantes e com valor! Dessa forma define-se: produto; preço; público-alvo; resultados. 

Baseada nisso, separei alguns produtos e atividades do mercado para te inspirar a decidir onde/como irá atuar: alimentação, serviço, decoração, entretenimento etc.

Todos se encantam com a decoração, então a maioria das pessoas opta por trabalhar como decorador, função onde a concorrência está acirradíssima. Mas existem nichos com muito espaço para você entrar, se especializar e arrasar, como, por exemplo, ter uma empresa só de toalhas para mesas de decoração e dos convidados; ou uma empresa com decoração cheia de bossa para paredes, que ofereça serviço de montagem e desmontagem de mesas decoradas.

Vamos aprender a empreender nesse mercado intenso que não está em crise, pelo contrário. Levá-lo a sério! Profissionalizar-se! Saber por onde andar e o que fazer, e as oportunidades se abrirão para você!

Tamojuntos! Obrigadeiro!


Nichos no mercado de festas


 
 

ALIMENTAÇÃO


salgados • doces • bolos • bebidas

buffet em domicílio • lanchonete em casa barraquinhas • carrinhos gourmet 

tachos de doces • food trucks


SERVIÇO


equipe para festa (cozinheiros, garçons, copeiras, coordenadores de festa) • manobristas 

assessor de festas • cerimonialista 

montador de mesa • desmontador de mesa


DECORAÇÃO


convites • mesas decoradas • personagens

personalizados • locação de kit peg e monte 

cenários e painéis • flores • velas • balões lembrancinhas • decoração do salão


ENTRETENIMENTO


teatro de fantoche • personagens • mágico oficinas • eventos circenses • show de cães

contador de histórias • cabeleireiro infantil 

canto e violão • DJ


OUTROS


festa na escola • locação de peças e mobiliários

locação de mesas, cadeiras e louças • buffet fixo

locação de fantasias para o aniversariante • bus party

locação de limousines e carros antigos

locação de brinquedos • loja de produtos de festas

retrospectivas animadas • filmagem e foto

 

 

 
 

Outras dicas:


festa na escola • decoração em maternidades

festas para cachorros • festas para crianças especiais

festas para 3ª idade • decoração de vitrines de lojas

decoração de feiras • organização de cursos

produção de cursos • buffets com alimentação especial 

(cilíacos, diabéticos, vegetarianos, etc)

 

 

 


você na revista
 

 
 

as decorações têm ficado cada vez mais leves, sem exageros, mas repletas de alegria. Essa mesa, da salato e dolce eventos (SP), ganhou um painel que complementou o charme do tema feito pela crie recrie (SP).


arco-íris


Foto: Dani Pinheiro


 
 


 


 

Eduardo Seiti é instrutor de 

design de balões e 

proprietário 

da ESBDE, 

em São Paulo.


COLUNA DO SEITI


Qual decorador não terminou a sua decoração e deparou com muitos defeitos: Balões tortos, muitos opacos, cores destoantes, estrutura aparecendo, e por algum motivo quando o seu cliente contempla a decoração ama tudo que foi apresentado? A única coisa que você pensou em dizer ao cliente era – Me desculpa. Parece que o que você viu não é a mesma coisa que o seu cliente viu. 

Os valores dão diferentes. Afinal, quais são os valores que o decorador e o cliente atribuem à decoração com balões?

Um bom profissional tem mais conhecimento do seu ofício, sente prazer no bom resultado do seu trabalho, tende a buscar uma espécie de perfeição. O cliente busca um bom serviço, um bom atendimento, pontualidade, um preço justo e no caso da decoração de festas enxerga na hora de comprar uma série de utilidade para cada item adquirido. A maior parte dos clientes não tem a capacidade de entender como foi feito, qual perfeito o profissional busca. 

Enquanto o decorador conhece os balões, as texturas com brilhos diferentes, os formatos diferentes de cada marca de balão, a importância da regra da estrutura oculta, a difícil escolha entre os produtos mais caros e sofisticados; a maior parte dos clientes não consegue distinguir os tipos de balões, o quanto deveriam brilhar e nem fazem ideia que uma parte da estrutura deveria ou não estar à vista. Para muitos dos nossos queridos clientes, uma decoração feita com balões redondos (11”, 10”, 9”, 5”) não é diferente de uma decoração feita com balões de combate (7”, 6,5”). O nosso cliente não tem culpa, eles não foram treinados para entender estes atributos.

Do ponto de vista filosófico o decorador tende a dar um valor especial à beleza da sua criação, ao passo que o ciente tende a dar um valor maior à sua utilidade. Como exemplo, um decorador monta um arco e valoriza os elementos das folhas feitas com 260 com uma técnica difícil e demorada. O cliente não consegue ver esta dificuldade, dando um valor para a função do arco, onde os seus convidados podem passar por baixo logo na entrada da festa. Para um decorador com esta preocupação provavelmente pode estar focando no valor que os outros decoradores podem dar à sua montagem, principalmente quando for publicar no Instagram, Whatsapp ou Facebook.

Como a decoração com balões é um serviço, o cliente dá extremo valor ao seu comportamento e dos seus ajudantes. Chegar na hora combinada é uma obrigação, não um favor. Não tem nada mais irritante para o cliente ficar ligando perguntando quando vai chegar preocupado como o horário, ficando pior quando o decorador dá desculpas ao invés de chegar na hora. Usar mesas e banheiros sem autorização pode ser considerado rude. Conversar assuntos polêmicos em voz alta pode incomodar o cliente ou o pessoal do espaço da festa. Ser cortês é recomendado, palavras como “me desculpe”, “por favor”, e “com licença” podem fazer muita diferença no momento de retratar o seu caráter. Estes valores podem e devem fazer parte da sua empresa.

Apesar de preferir projetar decoração com balões que tem uma beleza por si só, sem retratar algo da natureza ou feito pelo homem, a grande tendência da decoração é copiar uma imagem do nosso mundo real. Quando fazemos esta cópia, o decorador pode escolher dentre duas formas de fazer esta retratação. A primeira consiste em usar os balões como uma caricatura, usando muito a cor, reforçando um atributo e colocando detalhes que não existe no mundo real, mas traz beleza e até mesmo certa simpatia. Esta forma tende a produzir uma criação mais fácil e rápida de executar. A segunda consiste em tentar reproduzir em balão exatamente como é no mundo real. Com uma técnica apurada frequentemente demorada é possível até aproximar e obter bons resultados, entretanto tem o grande risco da sua criação ficar desfigurada, reconhecida que tem uma técnica sofisticada pelos seus pares, mas não pelo cliente.

É evidente que tem cliente que entende bem as qualidades de uma decoração com balões, entretanto ainda é uma minoria, escrevo aqui sob a ótica do senso comum. O uso balanceado de técnicas complexas pode ser um bom caminho para reduzir seus custos. O conhecimento dos valores do seu cliente pode ajuda-lo a receber de nós um serviço melhor. Perceber o quanto usamos dos nossos recursos como tempo e treinamento apenas para satisfazer o ego no momento de publicar os nossos serviços na rede social pode ajudar a focar os valores dos nossos produtos. Este texto ajuda a esclarecer o bordão “O cliente da minha cidade não valoriza o meu trabalho”.


Onde está o valor da decoração com balões


O que enxergamos na decoração com balões não é o mesmo que o nosso cliente enxerga


 
 

 

você na revista
 

A decoração da foto é da C&V Decoração Provençal, de Joinville (SC), que criou o cenário gelado, no K’oma Eventos, para comemorar o aniversário de quatro anos da EmilY. Para chegar nesse resultado, a empresa contou com ajuda dos parceiros Balão Mágico e Arte em Festas.


Frozen


FOTO: Jocimara - Feux Fotografia


 
 

FIQUE POR DENTRO DOS PRINCIPAIS CURSOS E EVENTOS 


Congressos e Seminários


AGENDE-SE!


6 a 8 

de março

 

  

17 a 19 

de julho


setembro de 2018


22 a 25

de abril

 

  


 

5º Seminário Ouro

Hotel Rancho Silvestre 

Embu das Artes (SP)

marcelo@happyday.ind.br 

11 98084.5184 (Whats App)


Seminário Eu Amo Balões

Santa Catarina

47 99172.2529


Twister Brasil - Seminário Internacional de Escultores de Balão

São Paulo (SP)

11 99876.1343


ABB 2018

BahiaMar Hotel (BA)

www.artebaloesbahia.com


 
 

Cursos de Arte com Balões


6 e 7 de fevereiro Chapecó (SC)

27 e 28 de fevereiro Lages (SC)


6 a 8 de 

fevereiro


Agendar


Agendar


Várias 

datas

 

  


  

Curso ESBDE/Happy Day - São Paulo SP

marcelo@happyday.ind.br - 11 98084-5184 

20 de janeiro - Básico (DEC1)

21 de janeiro - Intermediário (DEC2)

10 de março - Avançado 1 (DEC3)

11 de março - Avançado 2 (DEC4)


Curso de Twist com Paulo Cruz

 Agendamento particular 

Grupos de sete alunos no mínimo

São Paulo 

11 3865.9773 / 11 98197.8201


1º Curso Arte com Balões Individual com Sueli Galvão

Carga horária 4 horas

até 4 técnicas por aula

Loja GiraGirassol • Osasco (SP) 11 97414.1876


Cursos de Arte com Balões

Turnê Eu Amo Balões/SC 

47 99172.2529

cursos@mmballoons.com.br


Fest Art Balloons 

Golden Ingá Hotel 

Maringá (PR)

44 3263-8500 / 99952-2660


 
 

 

você na revista
 

Esse charmoso Carrossel é de Claudia Artfestas, de São Fidélis (RJ). ela usou balões pic pic. Além dos balões, a profissional também fez a decoração da mesa.


carrossel

 

 

 


você na revista
 

 
 

JÉSSICA MEIRELES É A RESPONSÁVEL PELA DECORAÇÃO DE BALÕES DA EQUIPE JACKY FESTAS, DE SÃO JOÃO DA BARRA (RJ). PARA O TEMA PRÍNCIPE, ELA CRIOU A FACHADA DE CASTELO COM BALÕES SÃO ROQUE.


REALEZA

 

 


 

 
 

Wilson Sawaki é instrutor de 

design de balões, de São Paulo.


COLUNA Do wilson


Conceito é a definição de uma ideia pelo seu idealizador. Isso não significa que ela seja absoluta e indiscutível, o conceito pode ser uma ideia, juízo ou uma opinião sobre algo, alguma coisa ou alguém. Aristóteles dizia que conceito é a representação intelectual abstrata de algo. Resumindo: é a forma de pensar sobre algo, apreciando ou não, e definir sua opinião sobre isso. 

Tendência é aquilo que leva alguém a seguir um determinado caminho, inspiração ou, até mesmo agir de uma certa forma. Tendência é o compartilhamento do conceito, ou seja, se há uma admiração por um conceito criado a partir de algo, ela pode se tornar uma tendência, e o tamanho ou velocidade de sua propagação é determinada pela admiração do conceito criado. 

Talvez de forma simples, rústica e direta, porém não ofensiva nem denegatória, explicarei o meu pensar usando o exemplo da decoração Provençal. O que se vê hoje, não tem nada a ver com o conceito, muito menos com a tendência inicial. A tendência se transformou, sofreu outros conceitos, foi se adaptando. Esse negócio de copiar sem saber o que está copiando destoa toda a tendência inicial. E a tendência se propaga mesmo assim, sofrendo modificações no seu conceito inicial.

Quer saber qual o real conceito de decoração Provençal? Ela foi inspirada nos campos floridos e nas casas rústicas de camponeses do sul da França, especificamente na cidade de Provença, em meados dos séculos XVI e XVII. Naquele período, os camponeses tinham grande admiração pela nobreza, isso incluía seus suntuosos castelos, vestimentas, móveis e utensílios. Com poucos recursos, eles replicavam para suas casas os móveis, utensílios e peças decorativas, que ganhavam um acabamento precário: a madeira não era a adequada, os móveis não eram lisos, suas superfícies continham muitos nódulos e ranhuras, e no lugar da tinta, eles utilizavam uma mistura de cola com cal. Com o uso, eles ganhavam rapidamente um aspecto de antigo, assumindo um tom de pátina, misturado ao pouco branco que ainda resistia.

O conceito é reproduzir aquele ambiente, de uma casa camponesa, numa manhã de primavera com um leve ar de lavanda, decorada com moveis rústicos e vasos de zinco recheados com flores campestres frescas.

Então para reproduzir este ambiente é necessário utilizar móveis rústicos com aspecto desgastado, vasos com flores campestres, e nos atermos à técnica pátina, cor branco, lavanda, amarelo e um verde muito pontual somente.

Pesquise agora decoração provençal em Imagens, no Google, faça uma avaliação do que se vê por aí, e me diga se tem algo a ver com o conceito e a tendência.

Posso me atrever a falar um pouco mais sobre isso? Vamos para a decoração Orgânica, que é uma tendência muito forte hoje. Posso dizer que os decoradores com balões amaram essa tendência, pois voltaram a utilizar muitos balões nas mesas decoradas, coisa que na tendência Provençal não ocorria. 

Mas vamos lá: que injustiça! Que diria o criador deste conceito?

Como o próprio nome diz a decoração é Orgânica. Você sabe o conceito desta tendência? Não? Então pesquise e aprenda!

Frequente aulas e seminários. Recicle-se! Pois é isso que falta a muitos decoradores. Caso contrário, vocês próprios irão chamar suas decorações de “desconstruídas” ou “desarrumadas” ou como já ouvi e muito “bagunçada”! E me desculpemos que acreditam no contrário, mas eu Jamais ofereceria uma decoração para o meu cliente com esses adjetivos! 


conceito e tendência?


o que define 

 

 

 
 


 

 
 

 

 

 

você na revista
 

 
 

O MURAL com o tema Moana, DE VÂNIA LOPES, DA De Coração Brasilia-Arte com Balôes, FOI FEITO Com Telas TDB e TDBr, arco desmontável e infladores Bônus, E Balões Pic pic, NO Mila Festas Park (Taguatinga/ DF), DURANTE O 1 Curso de Arte com Balões COM OS INSTRUTORES LÉO E VÂNIA.


TROPICAL


 
 


  

 
 


  


  


  


  


  


  

 
 


  

Há 40 anos, nascia uma das maiores fábricas de balões da América Latina, a Pic Pic Riberball. Quem vê a magia das cores dos nossos balões muitas vezes não imagina o processo até chegar ao consumidor final. A fábrica conta com mais de 350 funcionários diretos. Em 25 mil m² de área construída são processadas 400 toneladas de látex, e feitos 4.261 milhões de balões por dia; 127 milhões, por mês; 1 bilhão e 533 mil, por ano. São 361 modelos de balões: dos menores aos maiores e até os de coração e os de escultura. São 30 cores, mais de 60 estampas temáticas com mais de 1.600 combinações entre produtos e cores. 

Profissionalizante

A fábrica patrocina eventos de decoração com balões, e é parceira de cursos profissionalizantes. 

Ultrapassando fronteiras

Os Balões Pic Pic estão em todos os estados brasileiros. Internacionalmente, os maiores consumidores são Paraguai, Uruguai, Argentina e Bolívia. 

Projetos sociais

A Riberball destina o seu IRPJ para projetos sociais, dentre eles a Casa das Mangueiras, Organização Vida Nova e Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto.

PIONEIRISMO

1992 • lançou os balões metalizados

1996 • primeira Indústria a automatizar 

 o fechamento das embalagens

2001 • lançou primeira linha de 

 balões redondos

2003 • lançou a coleção balões 

“gordinhos”, mais resistentes

 e ótimos para decoração


 
 

A magia das cores na sua festa


 
 

 
 


  


  

 
 

 
 

 
 

 
 


 


 

 
 

acontece


data querida


No último Dia das Crianças, as mães de Presidente Prudente (SP) ganharam um evento muito especial: Data Querida. Preparado por profissionais que atuam na área de festa infantil na região, a dia contou com palestras e sorteios. Para recepcionar os participantes, foi montada uma decoração cheia de detalhes.O cenário de balões de Bosque foi criado na entrada da recepção e um arco disforme no painel da mesa principal.


 
 

 
 

 
 

FOTO: Gabriel Folguerar


 
 

BALÕES NO SET


Eu, ela e um milhão de seguidores, série da Multishow, ganhou balões na decoração de um dos capítulos iniciais. O trabalho foi feito por Antonio Folguerar, CBA e equipe. 


A 1° edição da ExpoFesta - Congresso Nacional de Festas e Eventos reuniu quase 8 mil congressistas e 20 palestrantes.

 O evento online abordou diferentes temas voltados a área de festas e eventos e cada palestra contou a participação de cerca de 400 pessoas.

E o evento continua. Em janeiro haverá um workshop presencial com palestras sobre empreendedorismo, rodada de negócios e networking. A próxima edição está prevista para junho de 2018 com temas voltados a inovação no setor de festas e eventos.

Quem quiser aproveitar pode acessar http://bit.ly/WorkshopExpoFesta e garantir sua vaga para o workshop de 16 de janeiro em São Paulo. 


Congresso expofesta


 
 


 

 
 


 

Projeto de Lei que cria o Dia Nacional do Profissional de Eventos é aprovado na Câmara. O setor de eventos representa cerca de 4% do PIB brasileiro e é formado em grande parte por micro e pequenas empresas, 

Dia 30 de abril é agora o Dia Nacional do Profissional de Eventos. Agora o Projeto, que tramita em caráter conclusivo, segue para o Senado federal.

A celebração a já faz parte do calendário oficial no Estado de São Paulo, através da Lei 14.998. A data foi escolhida por ser o dia do nascimento de Caio de Alcântara Machado, o criador das feiras industriais de negócios no Brasil. A informação é da Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC Brasil).


Dia Nacional do Profissional de Eventos


A rede varejista @Festas abriu mais uma loja em Belo Horizonte (MG), somando agora seis endereços em Minas Gerais. O novo endereço fica no bairro Venda Nova. A inauguração, que ocorreu dia 1º de dezembro, contou com malabarista, perna de pau e palhaço, da Trupe Gaia, e decoração de balões da designer Mariana Vieira.

Nos 3 mil metros quadrados de loja, a @Festas oferece mais de 50 mil itens em artigos de festas, confeitaria, utensílios, lembrancinhas, balas e doces. O consumidor encontra produtos de grandes indústrias, como Balões São Roque, Art Latex, Regina, Festcolor, Junco e Piffer.

Em janeiro, será a vez da inauguração de uma nova filial no Rio de Janeiro.


inauguração


 
 

O Hospital Emílio Ribas (SP) celebrou mais uma vez o dia Mundial de Luta Contra a Aids com a tradicional soltura de 4 mil balões vermelhos para reforçar simbolicamente a importância da conscientização sobre a doença.


luta contra aids

 

 

 
 


 

 
 

Árvore 

de Natal


PASSO A PASSO

 

 

Soraya Miranda

instrutora da Foco Eventos e Cursos (MG).


 
 

4


Junte cada cluster seguindo os tamanhos...


 
 

 
 

Inflar 5 balões verdes a 4,5” ce amarrar 3 e 2.


1


 
 

...e unindo com fio de nylon .


5


 
 

2


Juntar os balões já amarrados criando 1 Cluster.


MATERIAL


Bombinha manual

Tesoura sem ponta

Balões 5”:

verde

marrom

vermelho


 
 

6


Feito bem firme junte ao tronco


Repita 6x os clusters de 5 balões em escalonadas: 4,5”; 4”; 3,5”; 3”; 2,5”; 2”.


 
 

3


 
 

Amarre na ponta do 260 (canudo). 


 
 

 
 

Fazer 5 clusters: 1 verde a 2,5”; 3 marrom a 2”; e 1 marrom a 2,5”.


Árvore montada.


7


13


10


 
 

Encaixe em cada espaço vazio, e amarre-o a outra bolinha. Use cola, se preferir.


 
 

 
 

8


Juntar com nylon.


Balões vermelhos 5” e 260 (canudos).


14


11


 
 

Já enfeitada use uma estrela de foil ou de sua preferência.


Junte o tronco à parte da arvore já pronta.


Infle 20 bolinhas de 1,5” e amarre uma por uma.


 
 

9


 
 

12


15


 
 

Com a árvore montada, use a criatividade para enfeitar o cenário. Lembre-se: você pode usar a marca de sua preferência, mas use sempre balões profissionais para ter o melhor resultado.


Boas Festas!